O TEMPO COMO LEGITIMADOR DA CAUSA: IMPLICAÇÕES TEMPORAIS EM PESQUISAS DE ADMINISTRAÇÃO

Autores

  • Jeferson Lana Univali
  • Marina Amado Bahia Gama Fundação Getúlio Vargas
  • Rodrigo Bandeira-de-Mello Merrimack College
  • Rosilene Marcon UNIVALI

DOI:

https://doi.org/10.14210/alcance.v25n1(Jan/Abr).p106-119

Palavras-chave:

Efeitos temporais, Relações causais, métodos quantitativos

Resumo

Este artigo discute a importância do tempo nas pesquisas em administração de empresas e como a consideração dos efeitos temporais pode trazer novas abordagens de pesquisa. A ideia central do artigo é a de que o tempo legitima a causa, e que compreensão do tempo sobre a causa legitima a estratégia. Pesquisas causais em administração são mais facilmente absorvidas pela esfera corporativa, uma vez que servem como referências para o processo de tomada de decisão empresarial. Com as evidências encontradas em uma pesquisa bibliométrica sobre os estudos de efeitos temporais no Brasil, sugere-se que os pesquisadores devem se atentar aos efeitos temporais ainda na discussão teórica dos mecanismos e efeitos analisados. Dessa forma, espera-se que este artigo ajude no entendimento da importância do tempo nas pesquisas em administração e que sirva como motivação para estudos que busquem entender os fenômenos administrativos sob um ponto de vista diferente: dos efeitos temporais.

Biografia do Autor

Jeferson Lana, Univali

Professor

Marina Amado Bahia Gama, Fundação Getúlio Vargas

Professora

Rodrigo Bandeira-de-Mello, Merrimack College

Assistant Professor

Rosilene Marcon, UNIVALI

Coordenadora do PPGA Univali

Downloads

Publicado

2018-11-19

Edição

Seção

Fórum Metodológico