Turismo: da economia de serviços à economia da experiência

Autores

  • Mário Carlos Beni

DOI:

https://doi.org/10.14210/rtva.v6n3.p295

Resumo

Este artigo trata essencialmente da passagem da economia de serviços para a economia da experiência no turismo. A fonte de experiências marcantes para o turista é e continuará sendo as viagens. Aborda um novo mercado turístico de características distintas e pronunciadas, bem como suas forças condicionantes e a construção de cenários prospectivos. Cuida também do marketing de marca na elaboração de planos de marketing de destinos, analisando uma nova proposta por intermédio das experiências. Enfim, em relação ao agregado de experiências proporcionado pelas viagens, revela-se um grande desafio à estratégia das empresas e à capacidade das comunidades de oferecerem experiências autênticas para conseguirem captar fluxos maiores de turistas e garantirem sua fidelidade. Palavras-chave: Turismo; Turismo Endógeno; Marketing de Destino.

Downloads

Edição

Seção

Artigos