Estrutura enoturística do Vale dos Vinhedos: uma análise a partir da oferta

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14210/rtva.v24n2.p270-294

Palavras-chave:

enoturismo, diversificação, turismo

Resumo

As novas tendências globais de consumo e transformações nas sociedades agroindustriais têm imposto novos desafios às economias vigentes. Buscando por maior competitividade, os atores do setor do vinho têm investido na diversificação e diferenciação de seus produtos por meio de estratégias como o turismo. No entanto, a incorporação do turismo em territórios típicos da produção vitivinícola, favorece a competição por espaço e recursos naturais, colocando em risco a atividade principal. Assim, o presente trabalho tem como objetivo identificar e categorizar as atividades enoturísticas presentes no território, procurando entender sua estrutura, a fim de fortalecer a prática como instrumento de competitividade e de desenvolvimento local. Para tal, foram aplicados questionários a 48 empreendimentos de enoturismo do Vale dos Vinhedos, sendo levantado seus perfis e características das atividades ofertadas. Neste contexto, observou-se uma diversificação substancial da oferta turísticas do Vale dos Vinhedos, com destaque para o crescimento das atividades vinculadas mais ao cluster turístico do que a esfera vitivinícola, desenhando uma estrutura enoturística singular. A existência de um possível desequilíbrio entre a oferta turística e a aptidão vitivinícola do Vale dos Vinhedos, cada dia mais evidente, traz à tona discussões acerca da preservação da identidade local versus as exigências dos turistas.

Biografia do Autor

Marielen Aline Costa da Silva, Universidade Federal do Norte do Tocantins

Engenheira Agrônoma, Profª. Drª. da Escola Superior de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade Federal do norte do Tocantins.

Kelly Lissandra Bruch, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Graduada em Direito, Profª. Drª. do Departamento de Direito Econômico e do Trabalho, da Faculdade de Direito da UFRGS.

Arthur Fernandes Bettencourt, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Zootecnista, MSc. e Doutorando em Zootecnia pelo Programa de Pós-Graduação em Zootecnia da UFRGS. Especialista em Agroecologia e Produção Orgânica e Professor Voluntário do Curso de Agronomia da UERGS.

Downloads

Publicado

2022-06-02

Edição

Seção

Artigos