ANÁLISE DE CONTEÚDO DOS FATORES QUE LEVAM À INOVAÇÃO NO SETOR DE GASTRONOMIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14210/rtva.v24n3.p449-468

Palavras-chave:

Hospitalidade na Competividade em Serviços, Setor de Alimentos e Bebidas, Comunidades de Prática, Conhecimento Tácito, Inovações

Resumo

O objetivo do artigo foi entender de que maneiras os chefs desenvolvem inovações, por meio da troca de conhecimentos e experiências. Para atingir o objetivo do estudo, foi desenvolvida uma análise de conteúdo, por meio da análise de conjuntos hierárquicos (CHD), utilizando o software Iramuteq, tendo por base transcrições de entrevistas com chefs, visando a obter suas percepções. A análise de clusters revelou três conjuntos subjacentes, os quais foram nomeados, após a análise dos lemas e dos discursos envolvidos em cada um, como: Aprendizagem formal, Comunidades de Práticas e Cocriação e Desenvolvimento de Fornecedores. Os resultados permitiram o entendimento dos fatores que conduzem o processo inovativo dos chefs de cozinha, servindo como aporte gerencial para que se possam desenvolver ações que melhorem a competitividade das empresas do setor de alimentos e bebidas, por meio da geração de uma teoria subjacente. As limitações do estudo se devem ao fato de adotar uma perspectiva de pesquisa exploratória, necessitando, dessa forma, de estudos descritivos e confirmatórios para se generalizar os achados deste estudo.

Downloads

Publicado

2022-11-08

Edição

Seção

Artigos