O turismo cinematográfico no contexto do Programa Filme em Minas A visão dos cineastas acerca da sinergia turismo-cinema

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14210/rtva.v24n2.p295-313

Palavras-chave:

turismo, turismo cinematográfico, filmes, Minas Gerais.

Resumo

Este artigo se debruça sobre o Programa Filme em Minas, desenvolvido pela atual Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, e se inscreve no campo denominado de turismo cinematográfico. Algumas perguntas guiaram a pesquisa: os longas-metragens apoiados por essa política pública cultural contribuem para divulgar as localidades mineiras filmadas e promover o turismo neste Estado? A infraestrutura turística local atendeu as demandas das filmagens? A população local dos municípios onde os filmes foram rodados foi beneficiada de alguma maneira? O objetivo deste texto é investigar, junto aos diretores de filmes apoiados pelo Programa Filme em Minas, se essas obras audiovisuais contribuem para potencializar o turismo neste Estado, favorecendo a sinergia turismo-cinema. De abordagem qualitativa, a metodologia envolveu estudo bibliográfico, questionários e entrevistas online com diretores dos filmes selecionados. As respostas foram interpretadas com auxílio da análise de conteúdo. Seja considerando os impactos diretos ou indiretos do turismo cinematográfico, os resultados evidenciaram que a sinergia entre o turismo e o cinema não é simples de ser alcançada. Desse modo, nem sempre o turismo será fomentado simplesmente pelo fato de determinadas localidades aparecerem nas telas do cinema, embora isso seja algo relevante e possa, inquestionavelmente, acontecer.

Downloads

Publicado

2022-06-02

Edição

Seção

Artigos