• Resumo

    Cluster do turismo: estudo de caso do destino Porto de Galinhas-PE

    Data de publicação: 08/01/2024

    Esta investigação visa identificar as características do cluster do turismo de Porto de Galinhas-PE (BR). Para atingir o propósito do estudo, foram considerados os seguintes aprofundamentos teóricos: identificação das características do cluster do turismo; e, análise do modo que as características do cluster impulsionam o destino turístico. Cabe evidenciar que a localidade apresenta o principal cluster turístico de destino Sol e Mar do estado de Pernambuco. Para viabilizar a investigação, foi adotado o estudo de caso no âmbito da pesquisa qualitativa. Utilizou-se como instrumento de coleta de dados o roteiro de entrevista para acessar 17 interlocutores de empresas, instituições governamentais e associações locais. Nos dados secundários, obteve-se 54 matérias de jornais e revistas. Os resultados mostram que o impacto do cluster de turismo é relevante para a região, tanto do ponto de vista econômico quanto social. A pesquisa também expressa o desafio conceitual devido à existência da diversidade geográfica e variedade de contextos setoriais do cluster. As contribuições teóricas identificam as características endógenas da região, esclarece que para fazer parte do cluster não é necessário que as empresas estejam sediadas no destino, há empresas atuantes do cluster sediadas em: Washington, D.C. (EUA), São Paulo -SP (BR) e Rio de Janeiro- RJ (BR). Houve a constatação de uma nova subcategoria, experiências turísticas memoráveis, que impulsiona a atratividade do destino. Por fim, pode-se evidenciar que neste estudo as características do cluster do turismo potencializam aspectos genuínos inerentes à região e fortalece o desempenho organizacional e local do destino.

Turismo: Visão e Ação

A Turismo: Visão e Ação vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Turismo e Hotelaria - Mestrado e Doutorado, é um periódico científico de publicação no sistema de fluxo contínuo, interdisciplinar e de alcance internacional, classificada, segundo os critérios Qualis/CAPES (2017-2020), como 'A3' na área de Administração, Ciências Contábeis e Turismo. Registrada no ISSN sob o número 1983-7151, a Turismo: Visão e Ação iniciou suas atividades em 1998 com publicações impressas, nas versões inglês e português. Em 2008, transformou-se em publicação On-Line, com alcance maior do público interessado, mantendo como política de ser um periódico de acesso aberto e sem cobranças de taxas de submissão e acesso aos artigos. A Turismo: Visão e Ação (TVA) possui como título abreviado do periódico Tur., Visão e Ação, usado em bibliografias, notas de rodapé, referências e legendas bibliográficas.

Access journal