ENSINO JURÍDICO E PÓS-GRADUAÇÃO NO BRASIL: DAS RAZÕES PELAS QUAIS O DIREITO NÃO É UMA RACIONALIDADE INSTRUMENTAL

Autores

  • Lenio Luiz Streck Unisinos

DOI:

https://doi.org/10.14210/nej.v16n1.p05-19

Resumo

Há alguns anos, se vem tentando implantar o Mestrado Profi ssionalizante no Direito. Os argumentos favoráveis a esta modalidade de mestrado estão principalmente fundados na necessidade de se formar mais mestres no Brasil. Assim, o objetivo deste artigo é enfrentar os argumentos favoráveis à criação do Mestrado Profi ssionalizante para a área do Direito, especialmente demonstrando como a discussão sobre este tema tem passado ao largo da validade de sua implementação em um contexto marcado pela busca de um ensino jurídico crítico, consoante com o Estado Democrático de Direito.

Downloads

Publicado

2011-10-26

Como Citar

STRECK, L. L. ENSINO JURÍDICO E PÓS-GRADUAÇÃO NO BRASIL: DAS RAZÕES PELAS QUAIS O DIREITO NÃO É UMA RACIONALIDADE INSTRUMENTAL. Novos Estudos Jurí­dicos, Itajaí­ (SC), v. 16, n. 1, p. 05–19, 2011. DOI: 10.14210/nej.v16n1.p05-19. Disponível em: https://periodicos.univali.br/index.php/nej/article/view/3266. Acesso em: 1 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos