DIREITOS HUMANOS E SUA POSSIBILIDADE DE EXERCÍCIO FRENTE AO ACORDO DE SCHENGEN

Autores

  • Liton Lanes Pilau Sobrinho Universidade do Vale do Itajaí - Univali

DOI:

https://doi.org/10.14210/nej.v16n3.p345-360

Resumo

O presente artigo versa sobre os direitos humanos e a sua possibilidade frente ao Acordo de Schengen. Por meio deste trabalho, buscamos analisar a evolução histórica dos direitos humanos, partindo da Antiguidade, com o direito natural, até o período moderno. Ainda, procuramos fazer breves referências a declarações de direitos para chegar à questão da internacionalização dos direitos humanos, bem como à Declaração de Direitos Humanos de 1948 e ao Acordo de Schengen, ressaltando a importância do princípio da liberdade e a integração dentro da União Europeia. É nesse sentido, portanto, que para compreender a possibilidade do exercício dos direitos humanos pretendemos analisar o Acordo de Schengen e seus refl exos na União Europeia.

Downloads

Publicado

2011-12-16

Como Citar

PILAU SOBRINHO, L. L. DIREITOS HUMANOS E SUA POSSIBILIDADE DE EXERCÍCIO FRENTE AO ACORDO DE SCHENGEN. Novos Estudos Jurí­dicos, Itajaí­ (SC), v. 16, n. 3, p. 345–360, 2011. DOI: 10.14210/nej.v16n3.p345-360. Disponível em: https://periodicos.univali.br/index.php/nej/article/view/3417. Acesso em: 23 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos