ALEXIS DE TOCQUEVILLE: PERCEPÇÃO JURÍDICA E POLÍTICA DA REVOLUÇÃO FRANCESA

Autores

  • Cesar Luiz Pasold Universidade do Vale do Itajaí - Univali

DOI:

https://doi.org/10.14210/nej.v15n1.p27-45

Resumo

O presente ensaio tem como objeto a obra intitulada “O Antigo Régime e a Revolução”, de autoria de Alexis de Tocqueville. O seu objetivo é demonstrar aos Leitores o resultado de releitura da obra, agora tendo como referencial a percepção jurídica e política sobre as causas, as bases e os fundamentos da Revolução Francesa que Tocqueville evidencia no livro. Para a composição deste ensaio, foi utilizado o Método Indutivo tanto na Fase de Investigação quanto como base da lógica do relato de seus resultados, aplicando a técnica da Análise na fase de tratamento dos dados, operacionalizando também as Técnicas do Referente, da Categoria, do Conceito Operacional e da Pesquisa Bibliográfi ca.

Biografia do Autor

Cesar Luiz Pasold, Universidade do Vale do Itajaí - Univali

Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciência Jurídica

Downloads

Publicado

2010-07-27

Como Citar

PASOLD, C. L. ALEXIS DE TOCQUEVILLE: PERCEPÇÃO JURÍDICA E POLÍTICA DA REVOLUÇÃO FRANCESA. Novos Estudos Jurí­dicos, Itajaí­ (SC), v. 15, n. 1, p. 27–45, 2010. DOI: 10.14210/nej.v15n1.p27-45. Disponível em: https://periodicos.univali.br/index.php/nej/article/view/2299. Acesso em: 16 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos