UM ESTUDO DE CASO DOS LIMITES E INTERESSES DAS AÇÕES HUMANITÁRIAS INTERNACIONAIS

Autores

  • Érica Patrícia Barbosa de Oliveira UFPE/PE
  • Erinaldo Ferreira do Carmo UFPE/PE

DOI:

https://doi.org/10.14210/rdp.v8n3.p1783-1798

Palavras-chave:

Ação humanitária, África, Refugiados.

Resumo

Este artigo promove uma abordagem sobre as ações das agências humanitárias internacionais realizadas no continente africano, e em especial na Etiópia durante o período da Guerra-Fria, identificando as características e especificidades das ações, as dificuldades de trabalho nos campos de refugiados e o envolvimento das partes interessadas direta e indiretamente no conflito. O filme Amor sem fronteiras, de Martin Campbell, é aqui utilizado como instrumento didático-pedagógico de ilustração da realidade presente entre os refugiados, as agências humanitárias, as partes beligerantes e o direito internacional.

Downloads

Como Citar

DE OLIVEIRA, Érica P. B.; DO CARMO, E. F. UM ESTUDO DE CASO DOS LIMITES E INTERESSES DAS AÇÕES HUMANITÁRIAS INTERNACIONAIS. Revista Eletrônica Direito e Política, [S. l.], v. 8, n. 3, p. 1783–1798, 2014. DOI: 10.14210/rdp.v8n3.p1783-1798. Disponível em: https://periodicos.univali.br/index.php/rdp/article/view/5429. Acesso em: 14 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos