A IMPORTÂNCIA DO SUFRÁGIO UNIVERSAL E DA CIDADANIA ATIVA PARA O ÊXITO DA SOCIAL DEMOCRACIA NO BRASIL

Autores

  • Ronei Vilmar Baron UNIVALI/SC

DOI:

https://doi.org/10.14210/rdp.v8n3.p2166-2206

Palavras-chave:

Liberalismo Capitalista, Socialismo, Social Democracia, Sufrágio Universal, Cidadania Ativa.

Resumo

No século XIX ocorreu um duelo entre dois modelos de sociedade (capitalista e socialista) que buscavam, cada uma com seus princípios e ideias, uma sociedade melhor. E esse choque de entendimentos quando colocados em prática apresentou falhas em ambos os modelos, o que acarretou no século XX a instauração da Social Democracia, advinda de um ponto convergente entre o liberalismo-capitalista e o socialismo, a via democrática como se não a ideal a melhor forma de governo. No Brasil, embora tardiamente, a Social Democracia apresentou até o momento algumas peculiaridades importantes, pois houve a alternância do poder entre partidos com tendências ideológicas contrárias, mas suas atuações foram pautadas de acordo com a necessidade da sociedade em que estavam inseridos, e, principalmente, sem desprezar aspectos positivos implementados e a serem implementados, ainda que contrários as suas ideologias. Contudo, o êxito da Social Democracia no Brasil ainda depende da conscientização política dos cidadãos em relação à sua responsabilidade advinda da parcela de poder que lhes foi conferido pelo sufrágio universal.

Downloads

Como Citar

BARON, R. V. A IMPORTÂNCIA DO SUFRÁGIO UNIVERSAL E DA CIDADANIA ATIVA PARA O ÊXITO DA SOCIAL DEMOCRACIA NO BRASIL. Revista Eletrônica Direito e Política, [S. l.], v. 8, n. 3, p. 2166–2206, 2014. DOI: 10.14210/rdp.v8n3.p2166-2206. Disponível em: https://periodicos.univali.br/index.php/rdp/article/view/5445. Acesso em: 17 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos