A UNIVERSIDADE (DES)AJUSTADA AO MITO DE HERMES: A (DES)CONSTRUÇÃO DE UM ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA JURÍDICA OU COMO ESTÁ O ENSINO JURÍDICO NO PAÍS

Autores

  • Otoniel d’Oliveira Chagas Bisneto Faculdade Santo Agostinho (Teresina – Piauí/Brasil)

DOI:

https://doi.org/10.14210/rdp.v8n2.p1202-1228

Palavras-chave:

Hermenêutica Jurídica, Ensino Jurídico, Dogmática Jurídica.

Resumo

O texto discorre sobre os (des)ajustes do ensino jurídico no Brasil que ainda não rompeu com o tradicionalismo e a dogmática jurídica. Nesse sentido, destaca-se o protagonismo do professor de Direito que contribui significativamente para a manutenção desse estado de letargia educacional jurídica, onde os paradigmas não superaram o esquema sujeito-objeto. A redita-se ue a rise a do Direito se d no do ensino jur di o. Assim, aos professores, recorrendo ao giro ontológicolinguístico,
cabe despertar o interesse pelo verdadeiro significado de ensinar (o) Direito e propiciar o desfazimento dos equívocos jurídicos.

Downloads

Como Citar

BISNETO, O. d’Oliveira C. A UNIVERSIDADE (DES)AJUSTADA AO MITO DE HERMES: A (DES)CONSTRUÇÃO DE UM ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA JURÍDICA OU COMO ESTÁ O ENSINO JURÍDICO NO PAÍS. Revista Eletrônica Direito e Política, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 1202–1228, 2014. DOI: 10.14210/rdp.v8n2.p1202-1228. Disponível em: https://periodicos.univali.br/index.php/rdp/article/view/5477. Acesso em: 24 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos